Buscar
  • rsl695

Inteligência Emocional no trabalho

Atualizado: Jan 22

Como utilizar a Inteligência Emocional para transformar o ambiente de trabalho.



A inteligência emocional, às vezes referida como CE ("Coeficiente Emocional"), refere-se à capacidade de uma pessoa de reconhecer, entender, gerenciar e raciocinar com emoções. É uma habilidade crítica quando se trata de comunicação interpessoal - e um tópico quente não apenas na psicologia, mas no mundo dos negócios.



O termo em si foi cunhado por psicólogos na década de 1990, mas seu uso rapidamente se espalhou para outras áreas, incluindo negócios, educação e cultura popular.


O que é Inteligência Emocional?


Os psicólogos Peter Salovey e John D. Mayer, dois dos principais pesquisadores do tema, definem inteligência emocional como a capacidade de reconhecer e entender emoções em si e nos outros. Essa habilidade também envolve a utilização desse entendimento emocional para tomar decisões, resolver problemas e se comunicar com os outros.


Segundo Salovey e Mayer, existem quatro níveis diferentes de inteligência emocional:


  • Percebendo emoções;

  • Raciocínio com emoções;

  • Compreendendo as emoções;

  • Gerenciando emoções;


No passado, emoções e inteligência eram frequentemente vistas como opostas. Nas últimas décadas, no entanto, os pesquisadores que exploram a psicologia da emoção tornaram-se cada vez mais interessados ​​em cognição e afetação.


Esta área explora como processos e emoções cognitivas interagem e influenciam a maneira como as pessoas pensam. Considere como emoções e humores, como felicidade, raiva, medo e tristeza, influenciam o modo como as pessoas se comportam e tomam decisões.


Por que o Coeficiente Emocional é importante para o sucesso?


O interesse pela psicologia emocional e o conceito de inteligência emocional realmente pegaram fogo com a publicação de 1995 do livro de Daniel Goleman "Inteligência Emocional: Por que Ela Pode Importar Mais do que o QI". No livro popular, Goleman argumentou que a inteligência emocional poderia ser tão importante, se não mais ainda, para prever o sucesso na vida. Essas competências emocionais, ele argumentou, também desempenharam um papel particularmente importante no local de trabalho.



O conceito rapidamente chamou a atenção do público, incluindo gerentes de recursos humanos e líderes de negócios. Os pesquisadores sugeriram que a inteligência emocional influencia o quão bem os funcionários interagem com seus colegas. Pensa-se também que o Coeficiente Emocional desempenha um papel na maneira como os trabalhadores gerenciam o estresse e os conflitos, bem como no desempenho geral no trabalho.

Estudos demonstraram que os funcionários com pontuações mais altas nas medidas de Coeficiente Emocional também tendem a ter uma classificação mais alta nas medidas de funcionamento interpessoal, habilidades de liderança e gerenciamento de estresse.

Outros estudos associaram maior inteligência emocional à melhor satisfação no trabalho e ao desempenho geral no trabalho.


Goleman sugeriu que, embora a inteligência tradicional fosse uma qualidade associada ao sucesso da liderança, ela por si só não era suficiente. As pessoas que são bem-sucedidas no trabalho não são apenas inteligentes - elas também têm uma forte quantidade de inteligência emocional.


Mas a inteligência emocional não é algo apenas para CEOs e gerentes seniores. É uma qualidade que é importante em todos os níveis da carreira de uma pessoa, seja você um estudante universitário procurando um estágio ou um funcionário experiente assumindo um papel de liderança.


Se você deseja ter sucesso no local de trabalho e subir na carreira, a inteligência emocional é fundamental para o seu sucesso.


Porque Inteligência Emocional é importante no ambiente de trabalho


Então, por que a inteligência emocional é uma habilidade tão valorizada no local de trabalho? De acordo com uma pesquisa com gerentes de contratação, quase 75% dos entrevistados sugeriram que eles valorizavam o Coeficiente Emocional de um funcionário mais do que o seu QI.


A inteligência emocional é amplamente reconhecida como uma habilidade valiosa que ajuda a melhorar a comunicação, o gerenciamento, a solução de problemas e os relacionamentos no local de trabalho. É também uma habilidade que os pesquisadores acreditam que pode ser aprimorada com treinamento e prática.


Alto Coeficiente Emocional no local de trabalho, determina:


  • Tomar melhores decisões e resolver problemas;

  • Manter a calma sob pressão;

  • Resolver conflitos;

  • Ter maior empatia;

  • Ouvir, refletir e responder a críticas construtivas.


Baixo Coeficiente Emocional no local de trabalho, determina:


  • Desempenhar o papel de vítima ou não assumir responsabilidade pessoal por erros

  • Ter estilos de comunicação passivos ou agressivos

  • Recusar-se a trabalhar em equipe

  • Ser excessivamente crítico com os outros ou não estar aberto à opinião dos outros


Como se tornar mais emocionalmente inteligente


Embora as habilidades emocionais possam vir naturalmente para algumas pessoas, há coisas que qualquer um pode fazer para ajudar a melhorar sua capacidade de entender e raciocinar com as emoções. Isso pode ser particularmente útil no local de trabalho, onde os relacionamentos e as decisões de negócios geralmente dependem do entendimento interpessoal, trabalho em equipe e comunicação.


Estudos demonstraram que os funcionários com pontuações mais altas nas medidas de Coeficiente Emocional também tendem a ter uma classificação mais alta nas medidas de funcionamento interpessoal, habilidades de liderança e gerenciamento de estresse.


Um estudo de 2011 descobriu que os participantes que treinaram nas principais competências emocionais não apenas apresentaram melhorias duradouras na inteligência emocional, mas também experimentaram melhorias no bem-estar físico e mental, melhores relações sociais e níveis mais baixos de cortisol (hormônio do estresse).


Portanto, se você estiver interessado em melhorar suas habilidades de inteligência emocional para beneficiar o desempenho do seu local de trabalho, há algumas coisas que você pode fazer.


5 categorias de inteligência emocional:

  • Autoconsciência

  • Auto-regulação

  • Habilidades sociais

  • Empatia

  • Motivação


Torne-se mais consciente


Um dos primeiros passos para utilizar as habilidades de inteligência emocional no local de trabalho é praticar o reconhecimento de suas próprias emoções. Autoconsciência envolve estar ciente de diferentes aspectos de si mesmo, incluindo suas emoções e sentimentos. É um dos componentes fundamentais da inteligência emocional.


Para reconhecer suas emoções e entender o que está causando esses sentimentos, você precisa primeiro ter autoconsciência.


Preste atenção em como seu sentimento


Como essas emoções influenciam a maneira como você responde? As coisas que você sente afetam as decisões que você toma ou como interage com os outros? À medida que você passa mais tempo refletindo sobre essas questões, pode perceber que fica muito mais consciente de suas próprias emoções e do papel que elas desempenham na sua vida diária.


Faça um balanço das forças e fraquezas emocionais


Quão bem você se comunica com os outros? Você se vê impaciente, irritado ou aborrecido com frequência? Quais são algumas maneiras pelas quais você pode lidar com esses sentimentos de maneira eficaz? Reconhecer suas fraquezas permite que você procure maneiras de lidar com essas deficiências.


Lembre-se de que as emoções são passageiras


Um colega de trabalho pode irritar você ou seu chefe pode lhe dar uma tarefa frustrante para concluir. Antes de reagir, lembre-se de que essas coisas são temporárias; portanto, tomar decisões precipitadas com base em emoções intensas pode prejudicar seus objetivos e sucesso a longo prazo.


Prática de auto-regulação


Goleman identificou a auto-regulação como uma parte crítica da inteligência emocional. Estar ciente de suas emoções é um primeiro passo importante, mas você também precisa gerenciar o que está sentindo.


Pessoas que possuem boa auto-regulação são capazes de se adaptar bem a situações em mudança. Eles não engarrafam as coisas, mas esperam maneiras apropriadas de expressar suas emoções, em vez de apenas reagir impulsivamente no momento.


Eles também pensam sobre como suas expressões emocionais afetam os outros. Maneiras de começar a melhorar suas habilidades de auto-regulação no local de trabalho:


  • Encontre técnicas para aliviar o estresse no local de trabalho. Ter hobbies fora do trabalho é um ótimo lugar para começar. O exercício físico também é uma maneira saudável de liberar o estresse.

  • Mantenha-se bem. Aceite o fato de que você não pode controlar tudo, mas procure maneiras úteis de responder que não adicionem combustível ao fogo.

  • Pense antes de tomar decisões. As emoções podem sobrecarregá-lo no calor do momento, mas você pode fazer uma escolha mais calma e racional se dedicar um pouco de tempo para considerar todas as possibilidades.


Melhore suas habilidades sociais


Pesquisas em psicologia da emoção também sugerem que pessoas com Coeficiente Emocional alto também possuem fortes habilidades sociais. Por serem hábeis em reconhecer as emoções de outras pessoas, são capazes de responder adequadamente à situação. As habilidades sociais também são muito valorizadas no local de trabalho porque levam a uma melhor comunicação e cultura geral da empresa.


Funcionários e líderes com grandes habilidades sociais são capazes de criar um relacionamento com os colegas e comunicar suas idéias de maneira eficaz. Pessoas com boas habilidades sociais não são apenas grandes jogadores de equipe, mas também são capazes de assumir papéis de liderança quando necessário.


Ouça o que os outros têm a dizer

Isso não significa apenas ouvir passivamente as outras pessoas falarem. A escuta ativa envolve mostrar atenção, fazer perguntas e fornecer feedback. Quer você esteja em uma função gerencial ou seja um membro da equipe, a escuta ativa pode mostrar que você é apaixonado por projetos de trabalho e disposto a trabalhar com outras pessoas para ajudar o grupo a alcançar seus objetivos.


Preste atenção à comunicação não-verbal

Os sinais que as pessoas enviam através de sua linguagem corporal podem transmitir muito sobre o que realmente pensam.


Aprimore suas habilidades de persuasão

Ser capaz de exercer influência no local de trabalho e convencer os membros da equipe e os supervisores a ouvirem suas idéias pode ajudar bastante em sua carreira.


Evite Drama no Escritório

Faça o possível para ficar de fora da política mesquinha de escritório que às vezes toma conta do local de trabalho, mas lembre-se de que nem sempre os conflitos são evitáveis. Concentre-se na lista do que os outros têm a dizer e procure maneiras de resolver problemas e minimizar tensões.


Torne-se mais empático


Pessoas emocionalmente inteligentes são boas em entrar no lugar de outra pessoa e entender como se sentem. Empatia é mais do que apenas reconhecer como os outros estão se sentindo, mas também envolve como você responde a essas emoções.


No local de trabalho, a empatia permite entender as diferentes dinâmicas entre colegas e supervisores. Também permite que você reconheça quem detém o poder e como ele influencia os comportamentos, sentimentos e interações que fluem desses relacionamentos.


Veja as coisas do ponto de vista da outra pessoa

Às vezes, pode ser um desafio, especialmente se você sentir que a outra pessoa está errada. Mas, em vez de deixar que as divergências se transformem em grandes conflitos, gaste tempo olhando a situação da perspectiva de outra pessoa. Pode ser um ótimo primeiro passo para encontrar um meio termo entre dois pontos de vista opostos.


Preste atenção em como você responde aos outros

Você permite que eles compartilhem suas idéias? Você reconhece a opinião deles, mesmo que discorde? Informar os outros que seus esforços têm mérito geralmente ajuda a todos a se sentirem mais dispostos a se comprometer.


Trabalhe em sua motivação

Outro componente essencial da inteligência emocional é algo conhecido como motivação intrínseca.


Pessoas que têm um forte Coeficiente Emocional tendem a ser mais motivadas a alcançar objetivos por si mesmas. Em vez de buscar recompensas externas, eles querem fazer as coisas porque as consideram gratificantes e apaixonadas pelo que fazem.


Dinheiro, status e elogios são ótimos, mas as pessoas que obtêm grande sucesso no local de trabalho geralmente são motivadas por algo mais do que isso. Eles são apaixonados pelo que fazem. Eles têm um compromisso com seu trabalho, amam adotar novos desafios e seu entusiasmo pode parecer contagioso. Eles não desistem diante de obstáculos e são capazes de inspirar outras pessoas a trabalhar duro e persistir para alcançar metas.


Concentre-se no que você ama no seu trabalho

Não importa como você se sinta em relação ao seu trabalho, provavelmente haverá coisas que você ama e coisas que você odeia. Para criar sua motivação intrínseca, tente se concentrar nos aspectos do seu trabalho que você realmente gosta.


Talvez você goste da sensação de realização que obtém ao concluir um grande projeto. Ou talvez você goste de ajudar seus clientes a alcançar progressos em direção a seus próprios objetivos. Não importa o que seja, identifique esses componentes do seu trabalho e inspire-se neles.


Tente manter uma atitude positiva

Observe como as pessoas otimistas no local de trabalho tendem a inspirar e motivar outras pessoas também. A adoção desse tipo de atitude pode ajudá-lo a se sentir mais positivo em relação ao seu trabalho.


Uma palavra de motivação

A inteligência emocional desempenha um papel importante não apenas no bem-estar, mas também no seu sucesso no local de trabalho. Felizmente, há uma série de lições que você pode tirar da psicologia da emoção que lhe permitirá melhorar seu Coeficiente Emocional e promover maiores competências emocionais para melhorar seu desempenho no trabalho e o sucesso na carreira.


Gostou e quer saber mais? Deixe o seu comentário, ou entre em contato para receber uma proposta comercial com nossos cursos.

1 visualização

©2023 por RL|DH. Orgulhosamente criado by Mendes Leitão Design

Siga-me nas redes sociais!

  • YouTube ícone social
  • Instagram